RAPIDINHAS

terça-feira, 15 de maio de 2018

PT tenta ‘tirar’ pré-campanha de Lula da prisão

Tem mais manobra vindo por ai.

O Partido dos trabalhadores através de sua liderança está trabalhando para viabilizar uma pouco provável candidatura do ex-presidente Lula, que atualmente está cumprindo sua pena de pouco mais de 12 anos. 

Presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT) é autorizada a falar em nome de Lula Foto: Paulo Whitaker/Reuters




A direção nacional do PT vai decidir nas próximas semanas sobre a adoção de uma agenda de medidas concretas para manter a pré-campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência, afastando assim a discussão sobre um plano “B” para as eleições. Os dirigentes tentam dar ares de normalidade à candidatura do petista, que está preso desde o dia 7 de abril e condenado a 12 anos e 1 mês em regime fechado. Como teve a sentença confirmada pelo Tribunal Regional da 4ª. Região, Lula é considerado inelegível de acordo com a Lei da Ficha Limpa.

Desde a semana passada, quando o Supremo Tribunal Federal rejeitou mais um recurso da defesa de Lula e não pautou as ações que podem revisar a prisão após a segunda instância, “caiu a ficha” do PT sobre o fato de que a estratégia de mobilização popular para pressionar o Judiciário não funcionou – o povo não foi às ruas e Lula deve passar um longo período na cadeia.

Reportagem original e completa no site do Estadão
  • Comentários do Blog
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário ou sugestão.

Avaliado item: PT tenta ‘tirar’ pré-campanha de Lula da prisão Descrição: Mais uma tentativa do PT de emplacar o já condenado Lula para o pleito de 2018. Classificação: 5 Revisado por: Canal 70
Subir